​Jornalista lança livro sobre racha político da família Rosado na década de 1980

​Jornalista lança livro sobre racha político da família Rosado na década de 1980

Jornalista lança livro sobre racha político da família Rosado na década de 1980
Fruto de uma dissertação de mestrado no Programa de Ciências Sociais e Humanas da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), o jornalista Bruno Barreto apresenta a sociedade potiguar o livro “Os Rosados Divididos: como os jornais não contaram essa história” que será publicado pela editora Sarau das Letras.
O trabalho aborda a cobertura dos jornais O Mossoroense e Gazeta do Oeste acerca do processo de divisão política da família Rosado na década de 1980. “Pesquisei mais de 2 mil edições de jornais entre 1980 e 1988 e constatei que se tratou de um fato histórico que não foi manchete nem rendeu matérias, mas foi possível encontrar nas entrelinhas das colunas de Canindé Queiroz, Diran Ramos do Amaral, Dorian Jorge Freire e Jaime Hipólito informações preciosas de que como se deu o processo”, frisa o jornalista.

O trabalho contraria a senso comum mossoroense que entende que a divisão política da família foi algo planejado. “Há uma confusão entre causa e efeito. A causa da divisão política dos Rosados, que durou três décadas, foi motivada disputas internas e o interesse de Tarcísio Maia, adversário da família, ter uma base forte em Mossoró. O efeito foi impedir o surgimento de forças capazes de fazer frente a oligarquia que passou anos comandando governo e oposição”, declarou.
O trabalho está em fase de venda antecipada para viabilizar os recursos para impressão. Os contatos podem ser feitos pelo telefone (84) 9.8889-3574. “Quem for de outras cidades faremos o envio pelos Correios”, explica Bruno.
Os livros serão entregues no lançamento previsto para 11 de novembro no Memorial da Resistência em Mossoró.

Deixe uma resposta