​Segurança Pública: Fátima pede liberação de emenda de bancada para o estado do RN

​Segurança Pública: Fátima pede liberação de emenda de bancada para o estado do RN

Durante pronunciamento em plenário, a senadora Fátima Bezerra cobrou, nesta quinta-feira (17), a continuidade da Força Nacional de Segurança no Rio Grande do Norte e a liberação de duas emendas de bancada para o estado. 
As emendas foram apresentadas no Orçamento da União de 2017 e, até o presente momento, não houve liberação dos recursos por parte do governo federal. Os recursos serão destinados para aquisição de veículos e de equipamentos, além da implantação de um Sistema de videmonitoramento, na região metropolitana de Natal.

Hoje, às 15h, a bancada do Rio Grande do Norte estará reunida com o presidente Michel Temer, para tratar da crise de segurança do estado. Em função de compromissos já agendados, a senadora não vai estar presente na audiência.  “Em nome da população do Rio Grande do Norte, que vive, momentos dramáticos, momentos desesperados, do ponto de vista da violência que se agravou em Natal e em todo o Estado, eu desejo e espero que a audiência com o Presidente da República seja uma audiência produtiva, que não fique apenas em palavras, que não fique apenas em promessas”, disse.

“Fica aqui o apelo de que hoje, na audiência com a Bancada Federal do Rio Grande do Norte, o governo federal assegure a liberação dessas duas emendas destinadas à segurança pública, no valor de R$ 18 milhões. Esses recursos podem ser utilizados para estruturação e modernização das Polícia Civil e Polícia Militar, polícias técnica e científica, Corpo de Bombeiros Militar e guardas municipais, além da modernização do sistema segurança pública, de inteligência e de investigação”, completou.

Fátima lamentou ainda os altos índices de violência divulgados recentemente pelo OBVIO – Observatório da Violência Letal Intencional do RN. De 1º de janeiro até 13 de agosto de 2017, foram registradas foram 1.518 mortes violentas, um aumento de 25,6% em relação a 2016. “A população do estado está totalmente à mercê da bandidagem. Já se foi o tempo, por exemplo, que a gente ainda trafegava pelas estradas com uma certa segurança. Isso acabou! O cenário lá do Rio Grande do Norte é um cenário de guerra, um cenário desolador. E eu não estou dizendo aqui que isso é um problema só do Rio Grande do Norte. É um problema nacional”.

Fátima também colocou seu mandato a disposição da população e  adiantou que,  além da  buscar a liberação das emendas de 2017, articulará com a bancada a apresentação de novas emendas para a segurança, no Orçamento Geral da União de 2018, conclui.

Deixe uma resposta