A agonia de FHC

Sem controle do partido, FHC segue propondo nomes ao governo, envergonhando seu correligionário Geraldo Alckmin. Já falou em João Dória, Luciano Hulk e em Flávio Rocha.

Agora, fez uma sinalização tímida de apoio ao atual governador de São Paulo, que deseja disputar à presidência.

FHC parece sofrer de uma lucidez tremenda, ao desconfiar da viabilidade eleitoral de nomes sem qualquer entrada nas classes menos abastadas.

 

Deixe um Comentário