À beira da prescrição

O operador do PSDB, ex diretor da dersa do Estado de São Paulo, Paulo Preto, será beneficiado pela prescrição por fazer 70 anos em março.

Ele é acusado de organizar um cartel de construtoras nos governos tucanos e pedir propina para os candidatos do PSDB. O processo segue encostado no STF.

Deixe uma resposta