A péssima sinalização do STF

A péssima sinalização do STF

Após pacificar que o condenado em segunda instância deve ser preso, ainda que possa recorrer aos tribunais superiores, agora o mesmo STF caminha para alterar o entendimento.

Gilmar Mendes, sempre ele, mandou soltar um preso nessa condição sob a alegação de que ele poderia esperar o recurso ao STJ em liberdade.

Isto acontece no momento em que o andar de cima começa a ser alcançado pela segunda instância.

É tolo supor que Gilmar Mendes age sem o apoio de seus pares em suas incursões.

Deixe uma resposta