A privatização no RN e o truque de linguagem

Por enquanto, nada de falar em privatizar no RN, conforme membros do governo eleito. Mas a questão pode se encontrar num truque de linguagem já visto na gestão de Lula e de governadores do PT.

Pode sair, por exemplo, a palavra privatização e entrar “abertura de capital” da Caern ou da Potigas. Um modo de vender um pedaço das empresas, manter o controle e não perder capital político com o indigesto termo “privatização”.

Os planos dos governadores do pt no nordeste que passaram até agora pela crise sem o atraso salarial envolveu:

– reforma previdenciária;

– enfrentamento dos poderes no corte de duodécimos;

– venda de ativos;

– corte de secretarias;

– melhoria na cobrança da dívida ativa;

– revisão de incentivos fiscais;

– e abertura de capital de estatais estaduais;

– congelamento de salários.

Pode ser um bom indicativo.

Deixe uma resposta