Ações como a do colunista da Isto É, que disse que Lula deve morrer, disseminam o ódio e ajudam o petista

O fim de semana foi tomado por uma piada pouco engraçada, de disseminação de ódio e bastante mau gosto. Um colunista da Isto É, até então um ilustre desconhecido, disse, em título de uma matéria, que Lula deve morrer. Quando você ler o texto, percebe que ele jogou com a semântica da palavra. Ele se referia a uma morte política.

Provavelmente, ele fez isso para se valorizar entre os que odeiam o ex-presidente e procurar projeção. Não se sabe ao certo se conseguiu. Porém, no longo período, é algo que merece uma ponderação: o processo constante de cristianização de Lula, quer seja tocado por um colunista ou por Sergio Moro, é um prato cheio para o mesmo. Neste momento, provavelmente, Lula deve está gargalhando dessas e outras manifestações.

Deixe uma resposta