Aécio e o STF: o problema está lá atrás

Aécio e o STF: o problema está lá atrás

Não vi problema na manutenção do mandato de Aécio. Acho que era por aí mesmo. O seu pedido de 2 milhões ao empresário Joesley Batista é grave e merece investigação, mas não um afastamento prévio e sumário como foi ordenado pela primeira turma do STF. Não era uma medida democrática. O papo do Joesley, dando conta de que a irmã do Aécio lhe pediu propina, é escancaradamente falso.

Agora, o problema está lá atrás. O afastamento de Delcídio e o impedimento de Lula assumir o ministério criaram uma obrigação para o STF de agir sempre ao sabor da sanguinária opinião pública. No momento em que os ministros recuam, agora diante de um dos principais sustentadores do Governo Temer, ficam de bunda de fora no meio da rua.

O custo é elevado para o principal tribunal do país. Mas tem seu elemento pedagógico. Esses caras precisam aprender que não devem fazer política. Que arquem com as consequências.

E outra questão: depois de tudo que acontece, se você acha que o impeachment passou pelo combate à corrupção, me desculpe lhe avisar: mas você foi feito de otário.

Deixe uma resposta