Alguém vai sobrar

A competição pelas oito cadeiras de deputado federal promete muitas emoções em 2018 no RN. Há muitos nomes fortes e competitivos. Com um adendo – o PT deve recuperar uma cadeira que efetivamente não disputou na eleição anterior.

Há mais de dez novos fortes com amplas condições de levar um assento na câmara dos deputados. Basta citar alguns para mostrar que é razoável imaginar que teremos surpresas.

Há Rogério Marinho, Fábio Faria, Rafael Motta, Karla Verusca, João Maia, Karla Dickson, Benes Leocadio, Abraão Lincoln, etc, pela base do governador;

Fernando Mineiro e Nathalia Bonavides pelo PT;

E José Agripino, Walter Alves e Betinho Rosado ligados ao candidatos Carlos Eduardo Alves.

Nomes consagrados podem ficar de fora a partir de 2019.

Deixe uma resposta