Após atrasar salários, Prefeitura do Natal precisa demonstrar como o fato acontece diante da perspectiva de crescimento orçamentário

A prefeitura do Natal passou a atrasar os salários: 2% da folha de novembro ficaram para o mês de dezembro. A eleição se aproxima e o prefeito Alvaro Dias deve ser instado a se manifestar sobre o assunto.

Vale enfatizar que, conforme Lei Orçamentária Anual aprovada para 2020 na Câmara, o orçamento da prefeitura do Natal terá um incremento de 9,13%, crescendo portanto acima da inflação.

Nenhum prefeito gosta de atrasar salário e faz de tudo para que não ocorra. É um fato insofismável. Mas não pode se furtar de apresentar como andam as contas de um ente que tem natureza pública. Silêncio não é resposta para crise.

Deixe um Comentário