Após dizer que eram conversas normais, Moro muda a versão sobre vazamentos do The Intercept

O ministro Sergio Moro teve uma reunião de duas horas nesta terça com sete senadores do bloco parlamentar Vanguarda (DEM,PL,PSC) no Senado. Ao falar sobre o vazamento de mensagens do celular dele, o ministro levantou uma possibilidade que surpreendeu os senadores.

“Os hackers podem ter escrito algumas daquelas mensagens em meu nome”, disse o ministro, segundo o relato dos senadores Wellington Fagundes (PL-MT) e o vice-líder do DEM, senador Marcos Rogério (DEM-RO).

Em seguida, Moro se disse preocupado com o que ele considera ser uma novela, que é a divulgação de seu sigilo em capítulos. “O ministro disse: ‘É a mesma coisa que um radialista anunciar que um empresário estava num motel e na semana que vem ele vai dizer o nome do empresário’”, disse Fagundes reproduzindo a fala de Moro.

Veja

Deixe uma resposta