Após entrar na justiça contra o programa, Prefeitura do Natal alega que possíveis atrasos de salário serão por culpa do PROEDI; como andam as contas da PMN?

O prefeito Alvaro Dias cumpriu sua promessa e entrou na justiça contra o Programa de Estímulo ao Desenvolvimento do RN.

Alegação: o programa gera perda aos municípios e, segundo ele, não poderia ter sido aprovado por decreto do executivo, mas sim via a assembleia legislativa do RN.

Ele ainda utiliza o programa como escudo: diz, conforme publicado pela imprensa, que possíveis atrasos de salários da prefeitura serão em decorrência do programa.

Pelo seu discurso, parece que as contas da prefeitura não andam bem.

Deixe uma resposta