As “oligarquias” do RN não têm sido duras com os sindicatos; o problema é o contrário disso

Repercute muito, desde ontem, o número publicizado aqui, a partir do levantamento feito pelo professor Fernando Amaral. O dado é que 84,28% do orçamento estadual é gasto com folha dos servidores do executivo e dos poderes.

AGENDA SINDICAL IMPLEMENTADA

A implementação dos Planos de Cargos Carreiras e Salários, mais o crescimento da folha nos últimos anos, deixam pouca dúvida para outro dado que também venho falando e levando muita porrada por isso. Ao contrário do que diz o discurso esquerdista, as tais “oligarquias” – assim denominadas pelos sindicalistas – não têm sido duras com o servidor. O problema é justamente o inverso. A agenda sindical tem sido aceita e posta em prática com toda a sua força.
Apenas durante o governo Robinson Faria a folha aumentou quase 40% em seu montante!
Os ex-governadores e o atual têm tentado, sem sucesso, cooptar os sindicatos. O caso mais gritante foi o da queda de braço de Rosalba com o Sinte. Apesar de ter concedido 95% de aumento aos professores, enfrentou, às vezes, mais de uma greve por ano.
Mesmo diante de uma crise ímpar, a Assembleia aprovou, e o governador sancionou, uma elevação salarial para os seus servidores, do Tribunal de Contas e do Detran. Já passa a valer a partir de 2018.
A agenda sindical, em algum momento, terá de ser contrariada.

SE ESPANTEM MAIS

PS. Vocês querem se espantar mais? Vejam no mesmo estudo a projeção do crescimento da despesa e da receita estadual. Vejam que cortes vêm sendo feitos desde 2015, mas a despesa aliada a perda de arrecadação crescem a uma velocidade assustadora.

Link para o estudo: http://opotiguar.com.br/bomba-sem-pavio-professor-da-ufrn-mostra-que-o-estado-gastara-mais-de-84-do-orcamento-apenas-para-pagar-servidores-em-2018/

Deixe um Comentário