Blog do Barreto/Instituto Seta: Rosalba segue forte em Mossoró; pesquisa é recado pra oposição

Rosalba segue forte em Mossoró. A pesquisa feita pelo instituto seta, em parceria com o blog do Barreto, mostra ela liderando em todos os cenários eleitorais, isto num ano pré-eleitoral. Tradicionalmente, em ano de eleição, as torneiras são abertas e candidatos com a máquina tendem a crescer ainda mais.

A pesquisa também é um recado para oposição, nitidamente desarticulada além de dividida. A soma dos votos contraídos pelos opositores sobrepuja os da prefeita. Mas a conta não deve ser feita assim, ainda mais numa competição de maioria simples. Mossoró não tem segundo turno.

Há, pela pesquisa, três tendências desenhadas: o voto de uma oposição à esquerda, outra à direita e os que votam em Rosalba. Os eleitores de oposição à direita e à esquerda da chamada Rosa não se unirão de forma automática. Faz mais sentido imaginar o contrário. Eles preservarão distância segura entre eles. E duas candidaturas fortes de oposição é prato cheio para a atual prefeita.

O fato é que a oposição terá parada dura diante do experiente grupo rosalbista em 2020. E, se quiser ter chance, deverá trabalhar com afinco.

Veja a matéria abaixo do jornalista Bruno Barreto, gerador da parceria com o instituto seta.

PS. É preciso esperar para saber o rendimento de Fátima Bezerra no RN e Bolsonaro na união. Candidaturas locais em Mossoró podem, em parte, ser beneficiadas ou prejudicadas pela conjuntura nacional e/ou estadual.

Do blog do Barreto (www.blogdobarreto.com.br)

A pesquisa do Instituto Seta feita a pedido do Blog do Barreto mostra que junta a oposição tem a dianteira das intenções de votos para 2020.

São segmentos competitivos na oposição: PT representada por Isolda Dantas, o deputado estadual Allyson Bezerra (SD) e o grupo político empresarial de Tião Couto e Jorge do Rosário. Os três estão empatados tecnicamente dentro do limite da margem de erro de 3,5% para mais ou para menos.

Nos dois cenários apresentados, a oposição se aproxima da metade do eleitorado local, atraindo para si o voto dos insatisfeitos com a prefeita Rosalba Ciarlini (PP).

Rosalba por sua vez lidera sem folga nem os percentuais astronômicos do passado. Seus percentuais giram em torno de um quarto do eleitorado, aquele historicamente considerado fiel a atual prefeita.

O Instituto Seta ouviu 600 pessoas em 27 localidades das zonas urbana e rural de Mossoró entre os dias 13 e 14 de abril. A margem de erro é de 3,5% para ou mais ou para menos com intervalo de confiança de 95%.

Confira os números:

Cenário sem Tião e com Jorge do Rosário, Gutemberg Dias e Dr. Daniel

Rosalba Ciarlini (PP) 24,8% (entre 21,3 e 28,3%)

Allyson Bezerra (SD) 17,5% (entre 14 e 21%)

Jorge do Rosário (PR) 12,8% (entre 9,3 e 16,3%)

Isolda Dantas (PT) 10,8% (entre 7,3% e 14,3%)

Gutemberg Dias (PC do B) 4,5% (entre 1 e 8%)

Dr. Daniel (PSL) 3,8% (entre 0,3 e 7,3%)

NS/NR 19%

Ninguém/branco/nulo 7%

Cenário com Tião e sem Jorge do Rosário, Gutemberg Dias e Dr. Daniel

Rosalba Ciarlini (PP) 26% (entre 22,5 e 29,5%)

Allyson Bezerra (SD) 18,3% (entre 14,8 e 21,8%)

Tião Couto (PR) 16,5% (entre 13 e 20%)

Isolda Dantas (PT) 11,3% (entre 7,8% e 14,8%)

NS/NR 15,5%

Ninguém/branco/nulo 12,5%

Deixe uma resposta