Veja como cada deputado do RN votou na reforma da previdência

A reforma da previdência foi aprovada em primeiro turno pela margem folgada de 379 votos. Veja como os oito deputados do RN se posicionaram acerca do assunto. Votaram sim: Benes Leocádio, Beto Rosado, Fábio Faria, João Maia e Walter Alves. Votaram não: Rafael Motta, Natália Bonavides. O General Girão, defensor da reforma, não votou porque …

Fumaça da semana

Na fumaça da semana, o presidente Jair Bolsonaro espalhou mais uma falsa polêmica em suas lives para as redes sociais: o trabalho infantil faz bem. É uma forma de manter a sociedade fortemente polarizada e debatendo falsas questões. O discurso sobre “tudo é culpa do pt” perde força. Então, não há muito o que falar …

Gambiarra

A proposta do ministro Gilmar Mendes foi corajosa, mas me pareceu uma grande gambiarra. Ao invés de dizer sim ou não sobre o habeas corpus impetrado por Lula pela parcialidade do então juiz Sérgio Moro, ele queria soltar Lula até o julgamento ocorrer. Sua tese não foi aceita e foi derrotada por 3 a 2. …

Nenhuma novidade

NENHUMA NOVIDADE Morei dois anos em São Paulo e o preconceito contra nós nordestinos me marcou pra sempre. A ignorância impera, pois o pessoal por lá acha que aqui só há terra seca batida e somos um grupo de famintos bem distante deles – “a locomotiva”. A animalização do nordestino, incapaz de pensar, produz a …

Carlos Eduardo volta a criticar Fátima Bezerra no Twitter

O ex prefeito Carlos Eduardo Alves voltou a criticar Fátima Bezerra em seu twitter. Segundo ele, as faltas de Fátima Bezerra nas reuniões do governo federal, enquanto participa de reuniões do seu partido são inadmissíveis.

Kelps responde a texto publicado pelo Potiguar no twitter

Escrevi este texto aqui. Segue link: http://opotiguar.com.br/demagogia-sem-fim-e-o-ponto-fundamental-do-atraso-do-rn/ O deputado estadual kelps Lima respondeu com uma série de tweets. Publico na íntegra, além de ter dado RT no twitter.

Contradição

É pra morrer de rir. Membros do MP falando em votação aberta no senado, quando impõem com lobby que associação corporativa – a deles – escolha, por voto fechado, o procurador geral da república, que é uma atribuição de quem foi investido da vontade popular no voto.

EDITORIAL – Meus críticos mudarão de opinião; eu não

Políticos podem e devem mudar de opinião ao sabor do momento. Ora, se a conjuntura é alterada um ponto de vista deve se adequar aos novos ventos. Mas isso não pode acontecer assim entre quem não é militante e não tem aspirações eleitorais, a não ser que, por honestidade intelectual, o ato venha acompanhado pela …

Fátima acertou na segurança

Ninguém poderá dizer que a equipe de segurança pública montada por Fátima é ruim. Ela escolheu o que se tem por consenso, tanto para os comandos das polícias, como para o sistema penitenciário, segurança e justiça. A abertura de interlocução com os policiais ficou patente.