Coloca o nome da Dilma no lugar que as críticas aparecem

Política de desonerações bancadas com cobrança de impostos sobre desempregados, promessa de retorno da CPMF anunciada hoje pelo secretário da previdência Rogério Márinho e uso de bancos públicos para estimular o comércio, através do corte de juros pela Caixa Econômica Federal.

Cadê as críticas?

Parece que para elas aparecerem, seria importante tirar o nome do Paulo Guedes e colocar o da Dilma no lugar.

Deixe um Comentário