Com a saída de Lula, a tendência é pela pulverização e dificuldade da esquerda eleger deputados e senadores

Com a saída de Lula, a tendência é pela pulverização e dificuldade da esquerda eleger deputados e senadores

Lula amarrava a esquerda e determinados partidos de centro, como o PR e o PP. Só que, com sua saída, não há ninguém com capacidade de aglutinação em torno do PT.

É provável que PSOL, PDT e PCdoB caminhem com suas postulações. Além disso, sem Lula, uma possível coligação petista fica sem cabeça de chapa forte, o que pode atrapalhar também na eleição de deputados e senadores.

 

Deixe uma resposta