Como será a relação do próximo governo com a InterTv Cabugi

É a incógnita que movimenta o mercado da comunicação e da política do RN. Os demais veículos reclamam – e não é de hoje – que o grupo referido no título fica com mais recursos da verba de publicidade do que deveria.

Robinson Faria, governador em fim de mandato, se arrepende amargamente por não ter enfrentado, desde o início de sua gestão, a cobertura enxergada por ele como tendenciosa. Falou a respeito diversas vezes em sua última campanha.

Nao é segredo para ninguém do conflito do plimplim com os setores de esquerda. Nesse sentido, um acaciano bem inserido no petismo ofereceu uma pista: tomar como exemplo o modo como Flávio Dino, governador do Maranhão, tece relações com a Globo do seu Estado. O próximo governo não aceitará tutela.

Deixe uma resposta