Contra Fátima e já pensando em 2020, oposição aposta na tese do “PT radical”

CONTRA FÁTIMA E JÁ PENSANDO EM 2020, OPOSIÇÃO APOSTA NA TESE DO “PT RADICAL”

A oposição ataca a governadora Fátima. A ação faz parte de qualquer democracia. O grupo desempenha seu papel.

Mas cá pra nós, a estratégia não deixa de ser passível de avaliação. Já pensando no processo sucessório de 2020 e sabendo que Bolsonaro ganhou em Natal, em 2018, os opositores tentam vender a tese antipetista de um PT do RN radical. Um aceno ao bolsonarismo local.

A narrativa do PT radical é pitoresca, pois que nada factual. Os dados são objetivos: Fátima tem parceria com o presidente da assembleia, Ezequiel Ferreira (PSDB) e vive sendo elogiada por Amaro Sales, presidente da Fiern.

Há outro aspecto. A aposta é perigosa. Não está dado que o bolsonarismo aguenta até 2020.

Deixe uma resposta