Em abertura dos trabalhos na assembleia, fala de seu empenho em organizar a máquina, combater a pandemia e outras ações; veja o discurso na íntegra

A governadora Fátima Bezerra faz nesse momento a mensagem anual na abertura anual dos trabalhos da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN). Na ocasião, a chefe do Executivo presta contas sobre as principais ações tomadas ao longo de 2020, um ano que foi atravessado por uma pandemia global e que mobilizou esforços e recursos, nunca antes imaginados, para a área da saúde. 

O novo vírus mudou os rumos do planejamento da gestão estadual. Rumos que levaram ao caminho, incansável, de proteger e salvar a vida dos potiguares, ao proporcionar um serviço público de saúde preparado para recuperar e salvar vidas e diminuir a angústia de familiares e amigos das pessoas infectadas. Para tanto, o Governo do Estado ampliou em mais de 500 leitos SUS, só no ano de 2020 para o combate à Covid-19.

“Iniciamos este terceiro ano esperançosos na vacinação do povo potiguar. Chegamos à metade do nosso mandato da forma como o começamos. Sem medo, até porque não governamos sozinhos, mas amparados em forças políticas e sociais que traduzem a diversidade da sociedade potiguar, assim como esta Casa, que tem sido parceira da nossa gestão em tantos momentos decisivos. De cabeça erguida, não por soberba, mas por termos a convicção dos humildes, que buscam sempre dar o melhor de si e sabem que, na política como na vida, a gestão pública é um eterno aprendizado. De consciência tranquila, porque em cada ação de governo buscamos fazer nem mais nem menos do que anunciamos nas ruas: uma gestão que trabalha, cuida das pessoas e presta contas do que faz”, diz a governadora, em trecho de sua mensagem.

ACOMPANHE NA ÍNTEGRA:

Mensagem Anual à Assembleia Legislativa

Deixe uma resposta