Em sessão solene, Câmara celebra 49 anos do bairro Felipe Camarão

Em sessão solene, Câmara celebra 49 anos do bairro Felipe Camarão

“A história de Natal está associada a esse bairro, cuja história vincula-se ao rio Potengi, símbolo da nossa cidade”. Foi com essas palavras que o presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Ney Lopes Júnior (PSD), deu início a uma sessão solene, nesta quarta-feira (30), em homenagem aos 49 anos de fundação do bairro Felipe Camarão. Durante a solenidade, personalidades do cenário político, religioso, esportivo e cultural da comunidade receberam diploma meritório pelos relevantes serviços prestados à capital potiguar.
Em seu discurso, Ney Lopes pontuou que o momento não é apenas de celebração, mas também de reivindicar melhorias tão aguardadas pelos cidadãos. “Nesta Casa a nossa missão é cobrar, lutar, denunciar, fiscalizar. Ser a voz daqueles que moram na região e sentem falta de infraestrutura, saúde, educação e segurança pública”, afirmou o presidente.
Com uma população de aproximadamente 70 mil habitantes e uma área de 663,40 hectares, Felipe Camarão é um dos maiores e mais populosos bairros de Natal, representando cerca de 6% da população e 20% da Região Oeste (área administrativa municipal que pertence).
O músico Adriano Praxedes, do Projeto Tocando a Vida D’amore, mantido pela ONG Atitude Cooperação, disse que desde 2006 são ministradas aulas de música aos jovens da comunidade. “Ensinamos a tocar violino, contrabaixo, piano, flauta, entre outros instrumentos. O objetivo é levar música erudita para o bairro e encaminhar os alunos para a UFRN através de projetos de extensão”.
Por sua vez, o presidente do Conselho Comunitário de Felipe Camarão, Alexsandro Duarte, agradeceu a homenagem do Legislativo natalense. “Na maioria das vezes apenas as dificuldades enfrentadas pelo bairro viram notícia, que são agravadas pela descriminação e abandono por parte dos poderes públicos. Todavia, coisas boas acontecem na comunidade; tem muita vida e alegria por lá”, concluiu.

Deixe uma resposta