Fábio Faria: “Atividade salineira não pode ser marginalizada”

Fábio Faria: “Atividade salineira não pode ser marginalizada”

Fábio Faria: “Atividade salineira não pode ser marginalizada”


Em audiência com o presidente da República Michel Temer nesta quarta-feira (27), o deputado federal Fábio Faria (PSD) defendeu a importância do decreto presidencial para tornar a indústria salineira do Rio Grande do Norte de interesse social. “Para evitar que marginalize a atividade salineira. Não podemos deixar que um setor tão importante como esse sofra mais desgastes”, disse o parlamentar.

Atualmente o setor é responsável pela produção de 96% do sal brasileiro, mas os produtores potiguares têm alegado dificuldades com o Novo Código Florestal, devido à produção com restrição em áreas ocupadas há décadas. “Estamos unidos em prol de uma atividade secular, existente desde 1600 no RN e que hoje gera 70 mil empregos – é um dos principais setores da nossa economia”, ressalta.

A bancada federal do Rio Grande do Norte ainda sugeriu ao presidente Temer que use a emenda de bancada no valor de R$ 7 milhões para a recuperação do Porto-Ilha, terminal salineiro no município de Areia Branca, por onde acontece o escoamento de todo o sal produzido no Estado. O presidente se comprometeu a avaliar os pleitos apresentados pelos representantes da cadeia de sal e pela classe política do RN.

Deixe uma resposta