Ficou estranho

Após dura entrevista concedida a Intertv cabugi, em que chegou a ser anunciada a sua saída pela imprensa, ficou acertada a permanência de George Antunes no comando da secretaria de saúde de Natal. Ele conversou com o prefeito e se entenderam. É a versão que corre.

Antunes falou em tragédia e caos ao se referir ao cenário da pandemia de covid-19 em Natal. Também disse que não existia a menor condição de flexibilizar o isolamento social, em face do crescimento do contágio e super lotação dos hospitais.

A situação acabou ficando um pouco estranha. Na entrevista, ele culpou a prefeitura de Parnamirim e o governo do RN, quando na verdade ele vinha em diálogo direto com o secretário de saúde do RN, inclusive sobre a distribuição de respiradores pra Natal.

No fim das contas, o secretário jogou culpa para todos, menos para o poder que representa, fez uma grande divulgação do contexto sem ele e o prefeito de Natal serem agentes diretos e permaneceu.

A pressão de associações comerciais locais pela reabertura também foi por enquanto controlada. A entrevista também serviu para tanto.

Enfim, o que parecia um chute no pau da barraca terminou com cara de cálculo político.

Deixe uma resposta