Flávio Rocha quer chapa com Barcelos para o Governo e Tião e Alecrim para o Senado

Do Portal Agora RN

 

O empresário potiguar Flávio Rocha, presidente da Riachuelo, estará em Natal na próxima quarta-feira, 21, para lançar o “Brasil 200”, manifesto que prega a adoção de princípios econômicos liberais durante o próximo mandato presidencial – que se encerrará em 2022, quando a Independência do Brasil completará 200 anos.

O movimento, criado por Flávio Rocha e assinado por dezenas de outros empresários, tem sido visto como uma pré-candidatura de Rocha à Presidência da República, embora ele ainda não tenha assumido publicamente essa pretensão.

Apesar disso, esta não será a única agenda do CEO da Riachuelo na capital potiguar na próxima semana. Segundo interlocutores, Flávio Rocha virá ao estado também para coordenar a formação de uma chapa composta por integrantes do empresariado para disputar as próximas eleições.

Atualmente, a costura política do setor produtivo sinaliza como mais provável uma chapa com Marcelo Alecrim (Grupo Ale) e Tião Couto (setor petrolífero) como candidatos ao Senado e Luiz Roberto Barcelos (Agrícola Famosa) como postulante ao Governo. Neste cenário, é considerada ainda a candidatura de Flávio Rocha à Presidência.

Quatro federações ligadas ao setor produtivo aprovam a articulação: da Agricultura (Faern), da Indústria (Fiern), do Comércio (Fecomércio) e dos Transportes (Fetronor).

Um plano B também é avaliado, a ser colocado em prática no caso de Flávio Rocha declinar de concorrer ao Planalto e Marcelo Alecrim de tentar o Senado. Neste caso, o presidente da Riachuelo, que já foi deputado federal eleito pelo Rio Grande do Norte nos anos 1990, poderia ser candidato a senador.

Deixe uma resposta