General Hamilton Mourão volta a ser cogitado para vice de Bolsonaro

O presidente do Clube Militar, general da reserva Hamilton Mourão (PRTB), voltou a ser cogitado como candidato a vice-presidente de Jair Bolsonaro (PSL). Mourão disse que dirigentes do PSL se reuniram com o presidente do partido, Levy Fidelix, na manhã desta terça-feira, 31, em São Paulo, para tratar do assunto.

O nome do militar tinha deixado de ser considerado para a chapa de Bolsonaro depois que ele disse ao Estado considerar “meio boçal” o radicalismo de alguns apoiadores do candidato a presidente do PSL. Quando na ativa, Mourão defendeu intervenção militar na política.

Segundo Mourão, por sua vontade, a aliança já estaria fechada, mas ainda há algumas “questões de partido” a serem acertadas entre Bolsonaro e Levy, também pré-candidato à Presidência. “Apenas sei que houve uma reunião de manhã com Levy e PSL, onde foi colocada uma opção a mais pra ele que eu integrasse a chapa”, afirmou. “Sempre fui bem próximo a Bolsonaro, mas Levy está sendo pragmático. Essa eleição tem uma característica para partidos menores de superar a cláusula de barreira. Uma composição PSL e PRTB poderia conseguir trazer mais votos para o partido.”

Estadão Conteúdo

 

Deixe uma resposta