Investigada na “Dama de Espadas” delatou membros do Três Poderes

Investigada na “Dama de Espadas” delatou membros do Três Poderes

Do Portal Agora RN – A ex-procuradora da Assembleia Legislativa do RN Rita das Mercês negociou delação premiada com o Ministério Público Federal. De acordo com informações obtidas pelo jornalista Dinarte Assunção, do Portal No Ar/PontoID, Mercês entregou membros dos Poderes Executivo, Judiciário e Legislativo ao órgão federal por achar que o MPRN poderia interferir. As informações da ex-procuradora levaram a Polícia Federal a cumprir a Operação Anteros no Rio Grande do Norte, deflagrada na manhã desta terça-feira 15.

A delação contra os três poderes do estado potiguar, que foi feita há cerca de dois meses, foi negociada e conduzida pelo procurador da República Rodrigo Teles. Rita fez questão de garantir que não era ela a “dama de espadas” do esquema.

Haja vista que sua delação inclui membros do governo e do judiciário, é possível que o foro competente acabe sendo os tribunais superiores (governadores e desembargadores respondem ao STJ). Ainda segundo informações da imprensa, pelo menos um membro do TJRN teria sido delatado ao MPF.

Uma vez que Rita negociou diretamente com o Ministério Público Federal, os órgãos locais são obrigados a acatar os procedimentos que sejam oriundos do STJ, incluindo novas operações de investigações.

Maria das Mercês foi alvo da Operação Dama de Espadas do Ministério Público do Rio Grande do Norte em 2015. A ação apurou esquema de corrupção e desvios de verba da Assembleia Legislativa.

Deixe uma resposta