LENINISMO – OLAVISMO

Ando vendo alguns vídeos do Olavo de Carvalho e de outros representantes da extrema direita. É impressionante como seus esquemas se assemelham com os do leninismo.

Parto do pressuposto de Noberto Bobbio que correntes autoritárias se encontram. E faz sentido no presente caso.

Há uma indisfarçavel visão de luta de classe no caminho inverso na extrema direita.

Se no leninismo, a classe trabalhadora representa os interesses revolucionários contra o capitalismo; para a extrema direita, há a ideia de que uma certa classe dos “homens comuns”, guiada por intelectuais, será capaz de melhorar a sociedade a partir da restauração da ordem.

Alguns termos chegam a ter semelhança no emprego conceitual.

Imperialismo – Globalismo;

Visão guardiã da vanguarda revolucionária – Visão guardiã de intelectuais não capturados pelo esquerdismo e restauradores dos grandes valores contra o comunismo;

O estado representa os interesses das classes dominantes – o estado representa os interesses do esquerdismo que tomou conta das instituições;

Arte engajada contra a arte burguesa capitalista – Arte decente contra a arte degenerada pelo esquerdismo comunista;

A democracia é mera formalidade da dominação burguesa – liberdades individuais e democracia são demagogia do esquerdismo;

Noção de guerra cultural está nos dois casos;

A verdade se submete ao interesse maior do grupo nas duas ideologias;

“Não ter lado” é rechaçado por ambos. Há um visão negativa de tudo que denote “isenção”. Neutralidade é uma forma de disfarçar os interesses da classe/grupo;

Lógica do amigo x inimigo. Desumanização do oponente.

Deixe uma resposta