Natal sem debate

Restam cerca de 5 semanas para o fim da campanha e praticamente não ocorreu debate sobre a cidade. Natal é quem pagará. O momento privilegiado de formação de agenda é agora. Se não ocorrer, serão quatro anos sem norte porque políticas públicas não foram sequer explicitadas.

O que os candidatos pensam a respeito de plano diretor, ensino fundamental, prestação de serviço das UPAs, uso da guarda municipal, ações de planejamento, cultura, etc, etc, etc? Cabe também à imprensa convocar os candidatos e abrir espaços de interlocução para que os eleitores sejam informados sobre as propostos dos concorrentes.

Deixe uma resposta