Objetivo real

OBJETIVO REAL

Os procuradores da Lava Jato sacam de eleição como eu de física nuclear.

Bancos têm consultorias especializadas nas mais variadas áreas, mas principalmente em economia e política. São as melhores do mundo.

O que queriam de fato quando contrataram, de forma confidencial, membros da operação pra falar sobre “Lava Jato e eleições”?

Ora, como a Lava Jato iria agir na eleição. E ela atuou bastante.

Os bancos queriam informação privilegiada. Não há como imaginar outra possibilidade.

Deixe uma resposta