Tarifa dos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário é reajustada em 4,36% para 2018; veja novos valores

A Agência Reguladora de Serviços de Saneamento Básico do Município do Natal (ARSBAN) e o Conselho Municipal de Saneamento Básico (COMSAB) autorizaram na manhã desta quarta-feira (17) o reajuste de 4,36% nas tarifas de distribuição de água e esgotamento sanitário e outros serviços indiretos regulados, atividades realizadas pela Companhia de Águas e Esgotos do Rio …

Detran amplia blitzen da Lei Seca e aumenta abordagens a condutores em 49,4%

O número de blitzen fiscalizatórias da Operação Lei Seca realizadas pelo Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) se tornaram mais frequentes em 2017, sendo realizadas 123 operações contra as 83 efetivadas no ano de 2016, acréscimo de 48,2%. Nesse sentido, foi ampliada em 49,4% a quantidade das abordagens e fiscalizações a condutores de veículos …

Carnaval 2018: MPRN recomenda cancelamento da festa em três municípios em caso de atraso no pagamento de servidores

Recomendação foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (17) O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou aos prefeitos dos municípios de Areia Branca, Grossos e Tibau que não realizem despesas com o carnaval de 2018, caso a remuneração dos servidores públicos municipais referente aos meses de 2017 e ao décimo …

Problema de realidade

PROBLEMA DE REALIDADE Um amigo me disse que o problema do RN não é de ajuste, mas de receita e que basta fazê-la crescer que tudo se resolve. Ele, provavelmente, ouviu essa asneira por aí de quem fala do RN, como se estivesse diante de um cenário keynesiano pós segunda guerra. É um discurso lindo. …

Com aprovação do pacote fiscal, Temer promete liberar 420 milhões para o RN

Com a aprovação do RN Urgente, Temer deu pessoalmente sinal de que liberará 420 milhões para o RN. Serão 100 milhões para segurança e 320 para saúde. O anúncio foi feito em reunião com o governador e bancada federal do RN ontem (16) em Brasília.

PCdoB do RN romperá com o PCdoB do MA e com Flávio Dino? Governador implementará ajuste fiscal por lá

O PC do B do RN rompeu com o governo após três anos na gestão. Alegação: o pacote fiscal apresentado pelo governo é inaceitável. O PCdoB administra o Estado do Maranhão. O vice governador daquele estado disse que, se o aumento da contribuição previdenciária não acontecer, os aposentados e pensionistas podem ficar sem receber seus …

Vice-governador diz que MA corre risco de ficar sem pagar aposentados em 2020, se não aumentar contribuição previdenciária

Do portal MA 10 Vice-governador diz que MA corre risco de ficar sem pagar aposentados em 2020 Aliado do governo Temer, Carlos Brandão apoia politica econômica do Palácio e diz que o MA terá problemas se não fizer as reformas necessárias Por uma das peculiaridades da política maranhense, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), alinha-se nacionalmente …

Flávio Dino do PCdoB apoia aprovação da PEC do Teto dos Gastos e aumento da contribuição Previdenciária

Aqui no RN o PcdoB alega as propostas são desnecessárias e negativas. Mas seu único governador de um estado, o Maranhão, Flávio Dino pensa de outra forma. O PCdoB utilizou a apresentação do pacote fiscal aqui para romper com o governo, após mais de três anos na administração. MA firma compromisso com a União para …

Desembargador determina liberação de acesso às sessões plenárias da Assembleia Legislativa do RN

Desembargador determina liberação de acesso às sessões plenárias da Assembleia Legislativa do RN O desembargador Amílcar Maia, do Tribunal de Justiça do RN, determinou ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado do RN que permita o livre acesso dos servidores públicos e da população em geral, eventualmente interessados em acompanhar as sessões plenárias da Casa …

Estadão erra sobre falso superávit no governo de Rosalba, que pagou duas folhas com saques do Funfir e deixou mais de 500 milhões em dívidas 

O Estadão fez matéria sobre deterioração fiscal dos Estados e o RN foi um dos destaques. A reportagem enfatizou que o governo Robinson Faria teve um déficit orçamentário de 2,8 bilhões em seu período de mandato. Até aí faz sentido. Os repasses federais caíram e o custo com folha e previdência foram elevados. Só que …