Pedido de desculpa para inglês ver

Imagine, caro leitor, que você é presidente da república, como o Jair Bolsonaro, e nitidamente há um assessor encalacrado, vazando áudios contra você. As conversas do Queiroz que vieram à público, em que ele conversa com Bolsonaro sobre funcionárias fantasmas, ou foram publicizadas por ele ou pelo pesselista.

Qual seria o menos danoso: o assunto citado ou mais uma aparente polêmica pronta para ser esquecida com um pedido de desculpas, como a do vídeo do leãozinho postado no twitter?

Pois é.

Aliás, nem o recuo do presidente é sincero. Sua milícia virtual segue com toda força, espalhando a tag #HienasDeToga nas redes sociais com direito a expansão de tal conteúdo pelos próprios assessores do governo.

Deixe um Comentário