Saída melancólica de Garibaldi da política

O senador Garibaldi Alves fez discurso de despedida do senado nesta semana. Disse que deixará o cargo, mas continuará ajudando o RN.

É triste ver aquele que já obteve mais de um milhão de votos e foi uma liderança importante potiguar, terminando a carreira de forma tão melancólica.

Faltou timming ao ex-governador, ex-ministro e ex-presidente do senado em 2018. Foi para uma candidatura perdida.

Escrevi diversas vezes que o apoio ao impeachment, ao presidente Temer e o desgaste da classe política no Brasil seriam fundamentais contra ele. Aconteceu.

A vaidade cega e leva um político a ouvir as pessoas erradas, em especial, aquelas que por interesses individuais falam o que o político quer ouvir.

Deixe um Comentário