SAQUE DO FUNFIR: a estranha preocupação com servidores que se aposentarão em 30 anos, esquecendo dos atuais sem salários

Já disse aqui em outra oportunidade e penso seguir atual. Não há justificativa para não sacar os mais de 300 milhões do Funfir e colocar os salários dos aposentados em dia. A ação conta com apoio do Executivo e da Assembleia. O custo social e econômico da manutenção de milhares de pessoas sem receber parece ser deixado de lado. Por que?

Estamos fazendo poupança para aposentados que só entrarão na previdência estadual em três décadas e o Estado terá todo esse tempo para equacioná los, enquanto os atuais estão sem seus legítimos vencimentos. Maluquice que só prejudica quem deve e merece receber seu dinheiro agora.

Leia a quem serve esse discurso:

Em crise, o Estado deve se endividar. Depois que a arrecadação normalizar, ele passa a recompor seu caixa. Assim aprendi nas minhas leituras. O tesouro do RN é favorável a operação de saque do funfir para pagar os aposentados com vencimentos em aberto. A assembleia também. O RN é um dos menos endividados do país, mas enfrenta problemas conjunturais de custeio.

No RN, querem fazer o contrário: sem dinheiro pra pagar salários de servidores e aposentados, os tais defensores do erário pregam poupança pra bancar funcionários que irão depender de um fundo daqui há 3 décadas.
É um negócio maluco. O Estado se tora todo mês para integralizar, em 132 milhões, a folha dos aposentados. Mas o fundo feito para pagar, desculpe a redundância, aposentados não pode ser utilizado. No nosso sistema previdenciário servidores da ativa bancam inativos. Aqui querem o contrário. Ou talvez desejem outro cenário.
Há pura e simplesmente gente torcendo pelo pior para pintar de bom moço depois. É a eleição chegando.

Deixe um Comentário