Secretários opinosos criam crises desnecessárias

Secretários opinosos criam crises desnecessárias

SECRETÁRIOS OPINOSOS

Nota no Novo Jornal na coluna de Daniel MEnezes

Parte dos membros de primeiro escalão de Robinson Faria precisa saber diferenciar opinião pessoal com de governo. Enquanto líder de uma pasta, o secretário deve ter a consciência que tudo que vier a falar será interpretado como um ponto de vista governamental. Com a carência de percepção desta lógica política, os ditos cujos vem apresentando, publicamente, impressões gerais de foro íntimo sobre os mais diversos assuntos, sem levarem em conta o possível constrangimento a ser gerado para o seu mandatário. Esta dessintonia acaba criando crises desnecessárias. Às vezes, o governador se vê obrigado a utilizar de sua própria imagem para conter o desgaste.

Deixe uma resposta