Sem aumento da alíquota previdenciária, Ipern será insustentável e recurso para por salários em dia não virá

O RN tem a impressionante marca de 53 mil servidores na ativa para 50 mil aposentados e pensionistas. Quatro trabalhadores seria a proporção adequada para sustentar um aposentado. Aqui estamos falando de um para um. A conta não fecha.

A previdência do RN representa o maior rombo hoje nas contas públicas das terras de poti. De um orçamento estadual de 12 bilhões, 1,2 bilhão é destinado para complementar a folha dos aposentados pelo instituto de previdência do RN.

Urge aprovar medida já tomada por outros estados: incrementar a alíquota de contribuição previdenciária de 11%, elevando a para 14%. Do contrário, mesmo colocando os salários em dia, eles tornarão a atrasar ano que vem.

A liberação dos recursos federais para por os salários em dia também foi condicionada a alteração na alíquota. O projeto retornará para o debate na Assembleia amanhã.

Deixe uma resposta