Sobre o voraz sistema de cobrança de multas da STTU/Prefeitura do Natal

Recebi duas multas da secretaria de transporte e trânsito urbano de Natal por conversão irregular que tenho certeza não ter feito. Enfatizo: foram duas no mesmo local e horário. Eu não fiz uma sequer. Simplesmente não ando pelo trajeto que me levaria a cometer à infração.

Pior. Vieram me cobrar quase um ano depois. Não ficou claro se a cobrança é legal e a STTU, como me confessou uma fonte da pasta, age para o cidadão não receber informação de relevo e perder todo e qualquer recurso que vier a ter interpor. E foi bem assim mesmo.

Procurei saber no órgão competente como devo reclamar. Mais do mesmo. O procedimento é moroso, complicado. Os funcionários lhe estimulam a pagar para se livrar do aperreio. Foi o que fiz.

Agora tenho a certeza. A auditoria dessas multas é ridícula. Temos de ficar a mercê da palavra, não comprovada, de terceiros.

Todos os caminhos levam para a arrecadação. Já não bastam os impostos que pagamos. E o que é mais revoltante: conforme matérias recém veiculadas pelo Agora RN, a maior parte vai para empresas privadas e um pequeno quinhão fica com o poder público.

Como diz sua propaganda carente de modéstia, é a prefeitura do natal trabalhando para fazer muito mais. Só falta especificar melhor para quem.

Deixe um Comentário