Dados apresentados pelo MPT no caso das facções não podem ser atropelados

Uma polêmica se instalou. O ministério público do trabalho alega que o grupo guararapes usa as chamadas facções de produção de roupas da região do seridó para se desresponsabilizar pelos trabalhadores. Fez outras constatações e críticas, o que o levou a fixar uma pesada multa de 37 milhões de reais por descumprimento de leis trabalhistas. …