TCE/RN demonstra atuação política contra o governo ao faltar solenidade de abertura dos trabalhos legislativos

Hoje foi dia de abertura dos trabalhos legislativos na Assembleia. O governador tradicionalmente, neste primeiro dos trabalhos, lê uma mensagem na casa para os deputados e demais chefes dos poderes. O Tribunal de Contas do Estado não mandou um único representante. Nem, de repente, alguém de terceiro ou quarto escalão. O gesto foi interpretado como um aviso político contra o Governo do RN.

Recentemente, o TCE-RN reprovou as contas de Robinson Faria referentes ao exercício de 2016 e o impediu de sacar recursos do fundo previdenciário para pagar aposentados.

Deixe uma resposta