Tentativa de transferir Lula para São Paulo é sinal claro do aparelhamento da polícia federal e uma resposta à vaza jato

A polícia federal subordinada ao juiz Sérgio Moro fez o pedido e o juiz recém nomeado para o conselho nacional de política criminal, Paulo Eduardo de Almeida Sorci, autorizou a ida de Lula para Tremembé em São Paulo.

Trata-se de clara tentativa de acirrar a radicalização do país em prol da lava jato e do ex-juiz do Paraná, ambos na defensiva após a publicação dos diálogos denominados da Vaza Jato.

O supremo tribunal federal vetou a iniciativa, após pedido da defesa e Lula permanecerá em Curitiba.

A PF E MORO

A Polícia Federal é comandada pelo juiz Sérgio Moro, que ajudava a acusação contra Lula no caso do triplex.

A PF vem dando sinais de aparelhamento ao interesse de terceiros e não é de hoje.

Deixe uma resposta