URGENTE – preciso de cliques e por isto utilizo a palavra URGENTE

URGENTE – preciso de cliques e por isto utilizo a palavra URGENTE

Apesar de me considerar novo, sou do tempo em que a palavra urgente era empregada no noticiário quando uma guerra eclodia ou um presidente vinha à óbito.

Nos tempos de redes sociais a coisa mudou. Sedentos por cliques, forma através da qual a receita da publicidade é adubada, os portais têm utilizado o termo para eventos cadas vez mais corriqueiros. Às vezes, a mera tramitação de uma matéria no legislativo ou andamento de um processo judicial, sem qualquer consequência ainda prática, ganha um alarme desproporcional como forma de atrair o leitor. Banalização total.

Deixe uma resposta