55% dos posts feitos a favor de Bolsonaro no Twitter são de robôs

Do Valor Econômico – o último dia 15 de março, quando apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foram às ruas, apesar das recomendações de isolamento social feitas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), por conta do novo coronavírus, o Twitter subiu a hashtag #BolsonaroDay, que figurou nos trending topics como um dos assuntos mais comentados ao longo de todo o dia.

Um estudo feito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FespSP), e divulgado nesta sexta, 3, pelo Valor Econômico, revela que 55% das postagens desse dia envolvendo a hashtag #BolsonaroDay foram feitas por robôs.

A pesquisa identificou a ação de 23,5 mil usuários não humanos a favor do presidente em um universo total de 66 mil usuários que publicaram a “hashtag” naquele dia.

Segundo o levantamento, é um exército de “bots” e ciborgues criados, cultivados e programados para fazer bombar o assunto que for conveniente para quem os comanda, no exato momento escolhido para o ataque.

A essa tropa somam-se 1,7 mil contas que publicaram sobre #BolsonaroDay e, horas depois, foram apagadas do Twitter.

O comportamento, segundo a pesquisa, é típico de bots. Antes de sumir, o grupo foi responsável por 22 mil tuítes a favor de Bolsonaro.

Deixe um Comentário