A lógica de Popper e a crise entre Irã/EUA

A LÓGICA DE POPPER E A CRISE ENTRE IRÃ/EUA

No pensamento crítico dizer que um acontecimento é ruim não significa necessariamente, do ponto de vista lógico, defender que seu contrário é bom.

O pressuposto – falso – contrário que se forma tem relação com a tentativa de substancialização pelo senso comum.

Uma possível crítica contra a ação americana não implica em apoio ao Irã.

Ou mesmo, sigo conjecturando, criticar o Irã não gera endosso automático aos EUA.

O mundo é complexo. E tal complexidade não será apreendida com esquemas simplistas.

Deixe um Comentário