Antes esnobando, agora Fabio Dantas acena desesperado ao bolsonarismo com a entrada na disputa de Styvenson

O presidente Jair Bolsonaro veio várias vezes ao RN sem sequer receber a presença do candidato ao governo Fabio Dantas. Numa das vindas, Dantas chegou a dizer que não iria porque tinha um encontro comercial agendado. Não foram poucas também as declarações em que Fabio Dantas disse que ia votar em Bolsonaro mas não era um nome alinhado direto do bolsonarismo. A ideia dele era polarizar contra Fátima Bezerra através da busca pela estadualização da campanha. Ele sabe que o eleitorado de Lula representa grande maioria no RN e não queria andar de mãos dadas com o presidente mal avaliado em luta pela reeleição.

Agora, com a entrada de Styvenson Valentim na disputa a coisa mudou de figura. Fabio Dantas não apenas deu declaracao aberta e pública na convenção do PL de que aceita ser o candidato de Jair Bolsonaro no Estado, passou também a caminhar com o kit completo do bolsonarismo. Em recente vídeo, disse que as urnas não Brasil não são auditáveis. Antes ele esnobava, mas com o temor de que Styvenson como postulante ao governo chupe os votos da base bolsonarista, Dantas promoveu um giro de 360 graus.

O viés de Fabio Dantas em todas as pesquisas pesquisas é de baixa e o de Styvenson de alta. Os dois estão tecnicamente empatados. Só que, se Fabio antes tinha a certeza da segunda posição, agora o risco de perder para Styvenson Valentim o fez estender tapete para os eleitores do bolsonarismo. Resta saber como será a significação dada por parte desse eleitorado.

Veja aqui a entrevista em que Fabio Dantas faz críticas ao sistema eleitoral.

Deixe um Comentário