Apenas Sandro Pimentel se manifestou contra o pagamento retroativo de aposentadorias para deputados estaduais

A assembleia votou projeto que regulamenta o pagamento de décimo terceiro e terço de férias com efeito retroativo ao ano de 2015. Com isso, todos os deputados da legislatura anterior receberão valor cheio pelos últimos anos até aqui. O projeto é de autoria da mesa diretora liderada por Ezequiel Ferreira.

A votação foi simbólica já que existia um acordo entre os deputados, para o projeto não passar pelas comissões temáticas e vir a ser rapidamente aprovado.

A regulamentação estava suspensa por questionamentos sobre o referido pagamento no STF, que agora deu aval a medida.

O deputado Sandro Pimentel (PSOL) foi o único a se manifestar contra o assunto.

A matéria não é ilegal. Mas deve se questionar o ato político da assembleia quitar algo nesse sentido agora com os servidores com até quatro meses de salários atrasados.

Deixe um Comentário