Após Carlos Eduardo dizer que mandato de Paulinho Freire é do PDT, câmara pode abrir uma CEI contra o ex-prefeito

O presidente estadual do PDT, Carlos Eduardo, disse que não vai liberar Paulinho Freire para se filiar a outro partido, levando consigo o mandato. A determinação seria nacional, diz o ex-prefeito de Natal.

Paulinho Freire, que é presidente da câmara municipal do Natal, quer ir para a união Brasil para disputar uma vaga de deputado federal. Só que a legislação é bem clara – a troca de agremiação gera perda de mandato. E querer mudar de partido por conveniências eleitorais não produz justificativa para a manutenção do mandato. Trata-se de um cenário insofismável.

Diante da situação, o que circula em blogs de Natal? Uma contra-resposta. A câmara estaria avaliando abrir uma comissão especial de inquérito para investigar a gestão do ex-prefeito no âmbito da secretaria de trânsito e transporte urbano, a STTU.

A câmara municipal, que não quis abrir uma comissão especial para avaliar a gestão do hospital municipal do Natal em que baixou até polícia federal por suspeitas de irregularidades, ameaça criar uma CEI para que seja feita a vontade de seu presidente.

Deixe um Comentário