Aprovação de lei que permite usar remédio sem indicação na bula é vitória do negacionismo e esvaziamento da Anvisa

A partir de hoje passa a valer lei que permite o ministério da saúde utilizar remédios para finalidades sem indicação em bula.

Como a bula é aprovada pela Anvisa, o ministério da saúde fica a mercê da aprovação do órgão autônomo.

Com a nova lei não mais. Basta que o Conitec, órgão submetido ao ministro, aprove.

A lei é herança da pandemia e da tentativa do presidente Jair Bolsonaro de empurrar cloroquina e ivermectina nos acometidos pela covid.

Deixe um Comentário