Araújo na segurança: Ezequiel forte, uma autocrítica e a necessidade de conter a ciumeira

O blog do bg cravou o coronel Araújo para a secretaria de segurança pública do RN. Bg é um homem bem informado e não publica insinuações. Se veiculou é porque tem procedência.

O que representa Coronel Araújo no controle da segurança? Significa o fortalecimento de Ezequiel, atual presidente da assembleia. Araújo hoje é ligado a ele. Isto pode ser um sinal sobre o que virá na próxima disputa pela presidência daquela casa.

Implica também que será necessário ter cuidado com a ciumeira entre a polícia militar e civil. Um nome advindo da polícia militar precisará demonstrar contrapartidas objetivas para a Civil, para que não se crie uma guerra interna. Caso ocorra a má administração do conflito, todos perderão.

Por fim, o próprio Araújo terá de fazer, digamos assim, uma autocrítica. O que poderia ter feito – ou apontado em terceiros -, que não fez quando participou dos governos Wilma e Rosalba Ciarlini? As estatísticas são insofismáveis. Os dados de violência aumentaram com ele como um dos líderes do setor em análise.

Deixe um Comentário