Argentina teve vitória de Fernández, “Lula Libre” e ameaça de Bolsonaro

Com 98% das urnas apuradas, Alberto Fernández atinge 48,1% dos votos e supera Maurício Macri com 40,4%. Pelas regras da Argentina, se algum candidato obtiver mais do que 45% ele está eleito.

Macri reconheceu a derrota e prometeu uma transição tranquila no processo de transmissão de governo para o sucessor.

Fernández já meteu um “Lula Libre” em seus discursos, o que irritou o presidente brasileiro Jair Bolsonaro. Bolsonaro chegou a falar em suspensão da Argentina do bloco continental, o Mercosul.

É preciso que Bolsonaro tenha consciência do papel que ocupa. A Argentina é a terceira maior compradora de produtos brasileiros. Empregos e desenvolvimento estão em jogo.

Deixe um Comentário