Assembleia promove ambulancioterapia com sobras de duodécimos

Não é segredo para ninguém que a Assembléia Legislação do RN recebe mais em seus repasses orçamentários do que precisa.

Porém, ao invés de devolver ao tesouro estadual, os deputados têm promovido políticas sem planejamento algum com foco no clientelismo.

Agora, compraram 24 ambulâncias e irão entregar aos prefeitos, uma forma de turbinar a reeleição dos deputados.

Há um escancarado desvio de finalidade. Assembleia fiscaliza e cria leis, não compra ambulâncias.

Pior. Feito desse modo, a ação só gerará a prática perniciosa da ambulancioterapia, entupindo o Walfredo com procedimentos que poderiam ser feitos nas cidades de origem dos cidadãos.

É por essas e outras que chegamos na situação em que nos encontramos.

Deixe um Comentário