Astrologia política

Paulo Guedes, ministro da economia, alega que só precisa de mais 48 votos para passar a reforma da previdência na Câmara. Como se trata de uma alteração constitucional, são necessários 3/5 nas duas casas legislativas (câmara e senado).

Com o governo perdendo em votação de maioria simples e tendo seus ministros convocados para falar em comissões, algo sempre ruim, faltou dizer como ele chegou ao dado.

Deixe um Comentário